CASAN finaliza obras estruturais para implantação das primeiras ligações do SES


Técnicos da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN) finalizaram no início deste mês as obras estruturais que vão garantir a implantação das primeiras ligações domiciliares do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) em Rio do Sul. As obras se concentraram nas chamadas bacias F1 e E3, que compõem a região do bairro Canta Galo, primeiro local a receber as ligações a partir de 2022.

A CASAN estima que 59% da obra está concluída. “Nós finalizamos as obras estruturais para colocar em funcionamento esses pontos”, afirma o engenheiro da empreiteira Itajuí, André Oshima. “Agora, deve haver apenas alguns trabalhos de manutenção, vistoria das redes e acabamentos das estruturas instaladas. No ano que vem os trabalhos devem se concentrar na Estação de Tratamento e nas estações elevatórias que ficam ao longo da rede”, ressalta.

Algumas frentes de trabalho ainda se concentram no bairro Canoas, devido ao andamento das obras de pavimentação por meio da Secretaria de Obras de Rio do Sul. “Estávamos executando o trecho onde a Prefeitura fez asfaltamento, entre as ruas Dom Pedro II e Princesa Isabel”, afirma André.

Sistema de Esgotamento Sanitário de Rio do Sul

A previsão é que as primeiras ligações entrem em funcionamento no primeiro semestre de 2022, atendendo cerca de 1.400 residências do bairro Canta Galo, de forma inicial. Quando completo, o sistema deve contar com cerca de 12,6 mil ligações domiciliares nos bairros Eugênio Schneider, Boa Vista, Santana, Jardim América, Laranjeiras, Canoas, Pamplona, Progresso, Canta Galo e Fundo Canoas, além do Centro. O investimento na obra chega a R$ 74 milhões, com recursos da CASAN e Caixa Econômica Federal.

Leia também

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo