Rio do Sul 92 anos: Frahm

Rio do Sul 92 anos: Frahm

Rio do Sul 92 anos: Frahm

O conceito de casa inteligente tem se destacado no mercado nos últimos anos. O interesse dos brasileiros por imóveis mais automatizados está crescendo e pesquisas mostram que a tendência é que continue assim nos próximos anos. 

Para que o sistema de sonorização integre soluções inteligentes à infraestrutura da casa, é necessário que o planejamento seja feito sob medida e desenvolvido de acordo com as necessidades de cada usuário. 

O rápido avanço das inovações tem impactado os projetistas de automação residencial e exigido que estejam aptos na escolha das tecnologias mais pertinentes com a residência atendida.

Para os próximos anos, as principais tendências de sonorização contemplam dispositivos de smart home que melhoram a interação e a conectividade dentro de casa, em especial com a implementação do 5G no país. Confira algumas das principais:

 

Assistentes de voz e alto-falantes:

Na prática, o morador que, por exemplo, está saindo do trabalho, pode preparar à distância a casa para sua chegada. E a lista de tarefas destes alto-falantes inteligentes está se expandindo. 

Entre as funções que eles podem exercer atualmente estão:

  • controlar a iluminação dos ambientes;
  • definir lembretes e fazer chamadas;
  • definição da temperatura;
  • tocar músicas com o controle de ligar os eletrodomésticos;
  • acionar à distância o sistema de segurança da casa;
  • fazer compras de forma remota.

 

Sala de cinema em casa:

Com a diversidade de serviços de streaming disponíveis, transformar a sala de casa em um cinema é cada vez mais usual e possível por meio da sonorização. Equipamentos de som combinados a recursos de vídeo e posicionamento das caixas podem proporcionar uma experiência sonora semelhante à tela grande. 

O estilo sonoro que será transmitido fica a critério do usuário do ambiente, que pode combinar conexão Bluetooth ou Wireless por meio do sistema de som e um dispositivo como notebook ou smartphone, que conversam entre si.

 

Câmeras de segurança:

Se você quiser ter o conceito de casa inteligente, no segmento de segurança, deverá possuir itens básicos, como as câmeras de monitoramento. Esses equipamentos tecnológicos permitem que o morador saiba o que está acontecendo em sua residência a qualquer momento do dia. Para isso, basta utilizar um aplicativo para tablet ou smartphone.

Algumas câmeras, mais modernas e tecnológicas, que contam com inteligência artificial, são capazes de detectar rostos, identificar presenças no ambiente e enviar alertas ou acionar alarmes automaticamente. 

 

Outras dicas importantes para criar um projeto de som residencial moderno e tecnológico são:

Arquitetura do ambiente: Considerar a infraestrutura do ambiente em um projeto de som residencial é ideal desde o desenho do arquiteto e do design de interiores, porém, também é possível desenvolvê-lo já com a residência pronta.

Personalização: Um projeto de som deve ser personalizado para atender às necessidades e expectativas de cada cliente. Um equipamento de som, por mais potente que seja, pode não ser a melhor opção para determinado ambiente e tipo de uso.

Conectividade: Para que a automação sonora seja possível, os equipamentos devem contar com recursos de conectividade, como Bluetooth e Wi-Fi, mas não só nesses casos.  A conectividade, de forma geral, proporciona maior conforto para o usuário, permitindo que ele possa controlar o sistema à distância e consiga conectá-lo ao smartphone ou dispositivos wearables.

A Frahm desenvolve produtos de sonorização e câmeras de segurança com tecnologia de ponta para projetos de automação residencial. Por meio da parceria sólida com instaladores, investe na evolução profissional e no apoio técnico e comercial. 

 

Quer saber mais? WhatsApp (47) 3531-8800 / 0800 047 8002 e siga a Frahm clicando aqui.

Leia também