Novo deslizamento compromete obras na BR-470

Novo deslizamento compromete obras na BR-470

Um novo deslizamento de terra ocorrido por volta de 11h45 desta sexta-feira (16) surpreendeu trabalhadores que atuavam no km 143 da BR-470, em Rio do Sul, no trecho do bairro Pamplona. As equipes estavam mobilizadas na construção de um aterro com pedras para recompor a pista que cedeu em um novo ponto, quando foram surpreendidas pela intensa movimentação de terra. Segundo o DNIT, uma máquina ficou soterrada e foi arrastada com todo o material em direção ao rio Itajaí do Oeste. O operador saiu a tempo e, apesar do grande número de trabalhadores no local, não houve feridos.

O problema no local começou na madrugada de quarta-feira, quando uma cratera se abriu na rodovia. Um veículo com dois idosos foi parar dentro do buraco porque o motorista não percebeu o problema na pista. Eles saíram ilesos do local. Com apoio de algumas prefeituras, que enviaram caminhões caçamba para o transporte de pedras, a obra de reparo no buraco estava bem avançada, quando foi percebida uma nova falha na pista. Antes mesmo da intervenção do DNIT, o trecho veio abaixo e as equipes iniciaram os trabalhos fazendo um aterro na parte de baixo. Mas, houve então uma terceira ocorrência de deslizamento que prejudicou todo o trabalho e levou barro e pedras para o rio.

O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, disse que acionou a Defesa Civil do Estado para que envie geólogos para analisar a situação. Também pediu ajuda do exército para ajudar nos trabalhos de recomposição da rodovia.

O DNIT informou que está avaliando o impacto dessa nova ocorrência.

Imagem: Adriano Schera

 

Leia também