Violência contra a mulher em eventos noturnos

Violência contra a mulher em eventos noturnos

A Polícia Civil de Santa Catarina vai colocar em ação o programa “A Mulher Tem Voz”, que será implementado em casas noturnas, boates, e em espetáculos musicais.

O objetivo é proteger e prevenir constrangimento ou violência contra a mulher.

Locais que promovem entretenimento estão sujeitos à fiscalização da Polícia Civil e, para obter os alvarás, terão que cumprir requisitos voltados à proteção da mulher, como possuir alguém da equipe que possa, de forma qualificada, atender caso tenha uma vítima de violência dentro do estabelecimento./ E manter de forma visível, cartazes com informações pela qual a mulher pode acionar a Polícia Civil, Polícia Militar e a Central de Atendimento à Mulher através do número 180.

A Resolução determina ainda que os estabelecimentos terão que colaborar com a identificação de possíveis testemunhas e informações e dados de sistemas e câmeras de segurança, e além de garantir o acesso da polícia às imagens, preservar o material que registra o fato pelo período de 30 dias.

Foto: Secom / SC

Leia também