Vítima de violência doméstica imobiliza autor dos fatos com a ajuda da filha

Vítima de violência doméstica imobiliza autor dos fatos com a ajuda da filha

Era começo da manhã de domingo (25) por volta das 08:15 , quando a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência, classificada no relatório da PM como um caso de violência psicológica contra a mulher, vias de fato e ameaça.

Quando os policiais chegaram ao local encontraram o homem amarrado pelas mãos e pés com uma corda. E, marcas de sangue no chão, que seriam do dedo do autor, que apresentava um pequeno corte.

Nervosa, a mulher afirmou ter sido vítima de violência doméstica. Alegou ter jogado fora um litro de cachaça do companheiro. Que quando ele foi ingerir a bebida, percebeu que a garrafa não estava mais no local deixado. Que ele teria ficado alterado, e partido em direção a vítima, que fugiu para o quarto da filha do casal. Alegou que o autor então abriu a porta com uma faca, e que em num momento de distração do autor mãe e filha conseguiram tirar a faca da mão dele e imobilizá-lo e amarrá-lo com uma corda até a chegada da Polícia Militar.

Todos foram conduzidos até a delegacia para prestar esclarecimentos.

Foto: Polícia Militar

Leia também